Minhas Mãos

Minhas mãos não são as mesmas
Minhas mãos envelheceram
Minhas mãos abriram a verdade
Minhas mãos apontaram versos
Lavaram e lavaram-se
Minhas mãos gesticularam
Minhas mãos conduziram
Minhas mãos alimentaram
Minhas mãos ajudaram
Minhas mãos não são as mesmas
São mais experientes
São mais dóceis
São mais carinhosas
Antes tão pecaminosas
Hoje santas
Minhas mãos já não são as mesmas
Elas indicam o caminho da luz
Levantam fracos
São solidárias
Preciosas
Minhas mãos valiosas são
Às vezes cansadas
Às vezes fortes
Às vezes encolhidas
Às vezes estendidas
Minhas mãos
Mãos que não são só minhas
Mas parte do amor!
Minhas mãos,
Mãos de amor!
 
Lucas Bóris

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s