A.T: Estudo 18

ESTUDO 18:

I- PERÍODO INTERTESTAMENTÁRIO:

 Vimos que o Antigo Testamento descreve  a Criação, o Dilúvio, o nascimento da nação de Israel , através do chamado de Abraão, e seu desenvolvimento.
Ao longo dessa história quando se fala de hebreus , israelitas, judeus, semitas; e, quando cita Canaã, Israel, Palestina, Judéia,  Sião, Jerusalém… está se referindo a esse povo escolhido.
Eles conheceram vários impérios mundiais, conforme a sequência cronológica:
Egito >  Assíria (750 a.C)  >  Babilônia(612 aC)  >  Pérsia(539 aC)  > Grécia(331 aC)  >  Roma(63 aC).
Quando encerram os escritos do Antigo Testamento, aproximadamente em 430 a.C.  a Judéia era província governada pela Pérsia.
Acontece aqui  o chamado período intertestamentário. Um tempo em que não houve profetas, nem mensagens reveladas por Deus,  para que fossem escritos num livro sagrado. Por isso é chamado por alguns de “400 anos de silêncio”.
Em 333 a.C. Alexandre, o grande, derrotou Dario, o persa, trazendo o reinado grego ao mundo.   Alexandre e seus próximos sucessores foram bondosos com os judeus.  Muitos judeus foram viver no Egito, construiram várias sinagogas.
Em Alexandria havia vários judeus eruditos, e foi ali que  o Antigo Testamento foi traduzido do hebraico para o grego, língua, então universalmente conhecida.  Essa versão das escrituras foi chamada de Septuaginta, pois foram setenta sábios judeus que viviam em Alexandria que fizeram a tradução.
Porém, por volta de 167 a C, (ainda no domínio grego)  Antíoco passou a governar a Palestina e se voltou contra os judeus, devastou Jerusalém, e profanou o  templo, sacrificando porcos, e ainda levantou um altar à Júpiter dentro do templo.
Antíoco proibiu o culto dos judeus, queimou o que achou de cópias do Antigo Testamento, e torturou os judeus para negarem sua fé.
Conforme registros históricos houve a chamada revolta dos Macabeus. Um sacerdote chamado Matatias e seus cinco filhos liderou uma luta contra Antíoco, tendo vitórias milagrosas, e conseguindo resgatar Jerusalém e purificar o templo.
Esta história está registrada no livro apócrifo (não canônico) de nome Macabeu I e II, o qual tem apenas valor histórico, não sendo considerado livro inspirado como as escrituras.
Por volta de 63 AC Pompeu de Roma, derrota os gregos, e põe todos os judeus sob o poder de Cesar.  Herodes, seu filho, governava a Palestina na época que Jesus Nasceu.

 II- A Providência de Deus:
Todos esses eventos prepararam o cenário para a  vinda do Messias.
Os judeus estavam espalhados por todo o mundo. Parecia que tudo ia mal para aquela nação dos descendentes de Abraão, que viveu tempos gloriosos, sob reinados prósperos como o de Davi, de Salomão e outros.   Agora não tinham autonomia política, viviam sob as ordens e os impostos de Roma.
Mas, a língua grega como sendo universal, e os judeus espalhados era a oportunidade para espalhar a mensagem do evangelho.
E, os ditos “400 anos de silêncio” foi quebrado com uma “voz que clama no deserto: Preparai o caminho para o  Senhor,  fazei  veredas retas para os vossos pés.”
“O Reino de Deus está próximo. Depois de mim vem aquele que é mais poderoso do que eu…”
Era João Batista “ ligando a história”,  cumprindo as profecias do Antigo Testamento.   
Começa aqui a mais bela história jamais ouvida:  As boas novas, o evangelho de Jesus Cristo!

 

http://www.encontrosecaminhos.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s