N.T. – Estudo 10

ESTUDO 10:

SÊDE SANTOS, PORQUE EU SOU SANTO: 

I-        Processo de Santificação:

O chamado de Deus a nós consiste em: morrer com o Filho, seguir o Filho, ser Santo à semelhança do Filho.
Yaveh, quando se revelou a Abraão, mostrou seu propósito: “Sede santos, como Eu sou santo.”
A raiz da palavra ‘Santo” é  separado para servir a Deus.

– “Como é santo Aquele que vos chamou, tornai-vos também vós santos, em todo o vosso procedimento.” I Pedro 1:15
– “…purifiquemo-nos de tudo o que contamina o corpo e o espírito, aperfeiçoando a santidade no temor de Deus.”  II Coríntios 7:1
– “Esta é a vontade de Deus, a vossa santificação.” I Tessalonicenses 4:3a

         Nos estudos anteriores vimos que desde que cremos e recebemos Jesus começamos uma nova vida. Este andar com Deus nos conduz a uma vida de santidade, através da  oração, usando as armas contras as lutas e tentações e meditado na Palavra de Deus, que:
_ Gera vida no nosso coração, renova a nossa mente, cura a nossa alma enferma. Sl 19
–“Vós já estais limpos pela palavra que vos tenho falado.” João 15
_ “Transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis a boa, perfeita e agradável vontade de Deus.” Romanos 12:2
_“Guardo no coração a tua Palavra para não pecar contra ti.” Salmos 119

O processo de Santificação é diferente da regeneração, que é o nascer de novo. A santificação tem participação ativa do crente, em se dispor a andar na presença de Deus em entrega e obediência à Sua Vontade e Seus Princípios, ou seja, envolve relacionamento. Porém, é o Espírito que nos santifica (Romanos 15:16), formando em nós o caráter de Cristo.

II-         Renúncia:

­_” Se alguém quer vier após mim, a si mesmo se negue, toma a sua cruz e siga-me.” E, “Aquele que perder a sua vida, salvá-la-á.”
_ “Fazei morrer a vossa natureza terrena…deixai as coisas das trevas…revistai-vos do novo homem…buscai as coisas lá do alto…detestai o mal apegando-vos ao bem…”
O caminho do cristão é o caminho da cruz. É morrer para o “eu”, para que Cristo viva em nós. “Não sou mais eu quem vive, mas Cristo vive em mim.”
Mas não podemos perder de vista que a Santificação acontece pelo poder do Espírito de Deus em nós, que nos molda para sermos à semelhança do caráter de Cristo.  Pois depender do nosso próprio esforço em evitar o pecado, pode nos levar a ser legalistas, a viver uma religiosidade sem vida, e colocar jugo sobre nossos irmãos com nossos julgamentos.
A bíblia diz que é a bondade de Deus que nos conduz ao arrependimento.
Devemos buscar a santidade por amor a Deus, e não por medo do juízo de Deus.

III-        Detestando o pecado e confessando o pecado:

A nossa natureza pecaminosa se manifesta em atos.  Ou seja, “o pecado” (o mal que domina o homem e opera na sua vida) gera “pecados” (atos que são produzidos pela natureza corrompida do homem, quando este é tentado e cai).

Samuel Bolton, mestre da Universidade de Cambridge, argumenta em um de seus sermões que os mais infelizes dos homens não são as vitimas dos sofrimentos físicos, mas, sobretudo, os que sofrem na escravidão do pecado, ou, os sofrimentos causados pelas consequências de havê-los cometido.
Em Romanos 7:24  Paulo atribui ao “corpo da morte” (natureza pecaminosa) uma tortura bem maior que a “morte do corpo”( se referindo ao  físico).  Em II Coríntios 11:23 a 25 o apóstolo Paulo relata suas tribulações, flagelos, perseguições, preocupações, fomes, pedradas, enfim todo sofrimento  que viveu em seu ministério.  Entretanto, nada disso o faz lamentar tanto como em Romanos 7:24, onde ele lamenta amargamente pelo pecado: “Miserável homem que sou!  Quem me livrará do corpo desse morte??”
Todos os homens de Deus na bíblia estavam mais interessados em evitar o pecado que o sofrimento físico, como: Daniel na cova dos leões, os três jovens na fornalha de fogo, Paulo e Silas presos no tronco, etc.
Esses homens de Deus tinham aversão ao pecado, nem tanto pelas consequências amargas ou pelo pavor do juízo final, mas, por amarem com todas as suas forças a Deus, e querer agradá-lo a qualquer preço.

A bíblia fala que “se dissermos que não temos pecado, a nós mesmos nos enganamos e a verdade não está em nós”. I João 1:8.

Porém o pecado na vida do crente é um acidente, não é uma prática constante, pois“quem tem o Espírito de Deus não vive na prática do pecado, e quem não tem o Espírito de Deus, esse tal não é dele.”
Ler I João 1:8 a 10 e I João 2:1 a 2:
Confessar o pecado significa concordar com Deus que pecou, e se arrepender.
O arrependimento é tristeza pelo pecado e disposição em mudar de atitude.
No processo de santificação na nossa vida diária essa prática é necessária para que sejamos perdoados e purificados (I João 1:9),para termos saúde( Salmos 32.3),para termos alegria restaurada (Salmos 51:12), para mantermos comunhão com Deus(Isaías 59:2)

IV-               Vivendo para manifestar as virtudes de Deus:

– “Assim, quer vocês comam, quer bebam, ou façam qualquer outra coisa, façam tudo para a glória de Deus.”  I Coríntios 10:31
– “…apresentai-vos a Deus como sacrifício santo…e, não vos conformeis com este século, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis a boa, perfeita e agradável vontade de Deus.”
“Os céus proclamam a glória de Deus, e o firmamento anuncia as obras de suas mãos.” Salmos 19:1
Todas as coisas foram criadas para manifestar o amor, as virtudes e a glória de Deus.
Deus nos chama a viver com excelência, a experimentar sua plenitude, cumprir seus propósitos eternos e expressar a sua santidade e sua glória, portanto:
“Tenham cuidado com a maneira como vocês vivem; não sejam insensatos, mas sábios; aproveitando ao máximo as oportunidades, porque os dias são maus…procurem compreender qual a vontade do Senhor… e enchei-vos do Espírito.”  Efésios 5: 15- 18
 

Aguardem. Os próximos estudos do NT estão sendo elaborados.

 Dione Mendes

http://www.encontrosecaminhos.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s